terça-feira, 9 de outubro de 2007

Larga a tua cabana e vem,
vem ver o palácio do senhor
o fruto do teu suor.
***
Larga a tua servidão e vem
vem ver o rico esbanjar
a tua dor.
***
Larga essa prisão e vem
vem ver o soldado morrer
sem valor.
***
Larga o teu medo e vem
ámanhã hás-de ser
de ti senhor.

16 comentários:

A Lei da Rolha disse...

Bonitas palavras para uma vida tão cruel!
bjs

Crítica e denúncia disse...

Lindo amiga, você tem sempre uma poesia para cada momento da vida...tens um dom maravilhoso e ainda nos participa, nos dá chance de nutrir nossa alma com as palavras que saem do teu coração. Um abraço muito forte, beijo minha amiga, siceramente Alda

Quintarantino disse...

Façamos,pois, a revolução... mas não deixemos que nos conduzam de oprimidos a opressores!

O Profeta disse...

Pois, o mundo ao contrário ou o lado mais escuro da lua...


Doce beijo

NINHO DE CUCO disse...

Puxa Quintarantino, isso dito por ti com esse ar de pugilista assustador!...

adrianeites disse...

as assimetrias das nossa sociedade temdem a agudizar-se e não a atenuar-se.. o que ainda é mais preocupante!

Tiago R Cardoso disse...

infelizmente utopia...

O Árabe disse...

Com certeza, amiga, aquele que conseguir largar as suas correntes será o seu próprio senhor! :)

David Alves disse...

"Larga o teu medo"...Se fosse assim tão fácil

João Rato disse...

E eles vêm, num porão de um navio, numa barcaça superlotada, num trem de avião... saltam os muros de Ceuta, nadam o Gibraltar, e vêm...
Vale mais o aconchego dum abrigo de viaduto do que a fome à sombra de um embondeiro seco!
Não se pode querer o paraíso com o inferno à volta: benvindos à Europa! A História segue dentro de momentos.

Dalaila disse...

Palavras que tocam, em verdades... !!!

martelo disse...

a escravatura em forma upgrade...

DS disse...

Que sejamos todos um dia senhores de nós próprios! Há lugares em que a escravatura é evidente e outros onde os contornos das correntes estão ocultos.

Tiago R Cardoso disse...

É verdade não me podes visitar no fixadores, mas podes-me visitar no imagens e agora lá no Notas, mas eu venho sempre aqui te visitar.

quintarantino disse...

Olá...

7 Pecados Mortais disse...

A todos os que tem contribuido com palavras de sabedoria, de solidariedade e até de humor, o muito obrigado pelo vosso apoio. Não estou nada preocupado e por isso mesmo decidi publicar esta convocatória que me foi dirigida como ARGUIDO. Tenho a minha consciência tranquila e apenas expus o que me revolta. Pelos vistos a máxima que diz que todos são inocentes até prova em contrário caiu em saco roto. Agora somos todos culpados e arguidos até prova em contrário. Ridículo como disse e é o País que temos. Abraços.