sábado, 8 de setembro de 2007

A MAIS

Hoje andei perdida pelas ruas

cansada de ser viva e querer viver

e nesta dimensão enorme do meu ser

era apenas, a mais,

outra pessoa.

5 comentários:

ana maria costa disse...

caro senhor ou senhora além de surpreendida estou grata pela menção da sua escolha do meu blog nos 10 melhores sítios para se visitar.

não sei se poderei fazer o seu desafio mas tentarei cumprir e continuar a corrente.

li um pouco do seu blog sensível a sua presença apresenta-se em forma de palavras, pedaços que constroem uma imagem. caso esteja interessada (o) convido a fazer parte da minha lista privada de poesia e literatura em geral "Amantedasleituras".
visite uma janela da lista:
http://blogdalista.blogspot.com

NETMITO disse...

O VISTO É IMPRECISO
ALCANÇA O QUE QUER VER
PROCURA A LONGURA
QUE A ALMA CONTÉM AO SER


E NESTA FORMA VIVA
QUE DA VIDA NOME TEM
QUE SENTIR É VIVER
AMAR É SER ALGUÉM!

Sorriso para ti.

Lumife disse...

Grato pelas palavras e oferta da Corrente da Amizade.

Irei publicar e indicar os meus nomeados.

Só um motivo inesperado me não deu oportunidade de agradecer mais cedo.

Saudações amigas

Dalaila disse...

somos sempre mais um...mas somos nós, somos nós, e enquanto o formos nunca estaremos perdidos... vaguenado pela rua encontramos sempre a nossa dimensão.

o meu vento passará cá mais vezes

martelo disse...

ao contrário do que é comum dizer-se, ninguem nos substitui, felizmente...